Buscar

São Rainério - 17 de Junho


Nasceu em Pisa, Itália, no ano de 1118. O santo de hoje teve a graça de nascer em um lar cristão, porém, optou por uma vida no pecado, e a consequência foi o vazio existencial.

Providencialmente, encontrou-se com Alberto de Córsega, uma grande testemunha em seu tempo, que deixara tudo por causa de Jesus.

Rainério retirou-se por um tempo em penitência e, nesse momento, aconteceu o seu chamado para deixar todos os seus bens. E ele o fez: foi para a Terra Santa, onde ficou muitos anos visitando os lugares santos e sendo instrumento de conversão para muitos.

Obediente a Deus, Rainério voltou para Pisa, tornou-se monge e, depois, formador dos monges. Pouco antes de abandonar este mundo, formulou uma prece de bênção para o pão e a água. A água e o pão, benzidos por ele ou por outro, mas com sua fórmula, serenavam tempestades, curavam numerosos doentes e libertavam possessos e prisioneiros.

Foi um grande apóstolo para o povo, consumindo-se pelo Evangelho. Veio a falecer em 1160. Após a sua morte, os milagres continuaram acontecendo, sobretudo, por meio da água que eram benzidas com o auxílio de sua oração.

No ano de 1591, suas ossadas foram encaminhadas para a catedral de Pisa, devido à fama dos milagres obtidos em seu nome. A canonização de São Rainério foi celebrada pelo papa Alexandre III.

São Rainério, rogai por nós!

0 visualização